3 pilares para gestão financeira corporativa sem crises!

pilares de gestão financeira

Administrar uma empresa financeiramente requer mais do que saber gerir equipes e planilhas. Saber gerenciar não é uma tarefa fácil, mas pode se tonar se usarmos alguns conceitos simples e essenciais na gestão financeira corporativa da empresa.

Para começar, é preciso saber que existem três pontos especiais que devem ser considerados, o que vamos chamar aqui de pilares da gestão financeira: planejamento, controle e análise das atividades financeiras.

Cada um desses elementos se mostrará imprescindível para uma boa gestão financeira corporativa. Uma empresa saudável financeiramente precisa ter total controle sobre gastos e receitas, saber em qual situação quer estar no futuro e fazer constantemente um exame sobre aquilo que foi feito.

Confira como a Portão 3 pode te ajudar!

Planejamento

Planejar é preciso. Antes de fazer qualquer negócio, o plano para ele é primordial. Toda boa gestão financeira começa com um bom planejamento estratégico. Ele precisa estar de acordo com o objetivo final buscado pela empresa, andar junto das metas.

Com um bom planejamento, alinhado, é possível ter os valores de recebimentos e pagamentos, saber a real saúde financeira do negócio e definir os próximos passos.

Assim fica mais claro como a empresa poderá atingir os tão almejados lucros e ampliar cada vez mais o patrimônio.

O planejamento serve como um norte do que deve ser feito e com ele é possível saber se a empresa está no caminho certo, ou até mesmo mudar os rumos do negócio no meio do caminho para que o objetivo final seja alcançado.

Isso só é possível se o planejamento andar ao lado do controle financeiro.

Controle

Não basta apenas planejar e não executar. Com o planejamento feito, acertado e em mãos, o segundo pilar de uma boa gestão financeira é o controle.

Aqui é onde se registar todas as atividades financeiras da empresa, com as entradas e saídas, o que será pago e o que foi pago, o custo de cada operação, as despesas e os lucros obtidos de acordo com o período analisado.

Um controle mensal dos gastos da empresa e de suas contas é importante para saber quais os caminhos que estão gerando resultados. Se algo não estiver funcionando como previsto no planejamento, nosso primeiro pilar, é preciso fazer um acerto, uma mudança de rota.

Assim, com esse controle mensal, qualquer erro que for diagnosticado pode ser corrigido a tempo, antes que ele se torne ainda maior e complique a situação financeira da empresa. Quanto menor o tempo de medição, de acerto dos erros, o impacto na empresa será reduzido. 

Análise das atividades financeiras

Depois dos passos anteriores, planejar e controlar, toda empresa precisa saber analisar com cuidado o fluxo de caixa e saber gerenciar. É um estudo minucioso do que foi feito pela empresa, se conseguiu acompanhar aquilo que foi planejado para depois tomar a melhor decisão para o futuro do negócio.

Com os dados do planejamento, as metas e métricas bem alinhadas, o gestor pode tomar a decisão com base em dados e números de tudo o que já foi executado.

Aqui, o gestor pode analisar quais gastos podem ser considerados exagerados ou desnecessários para a continuidade das atividades da empresa. Assim, com estudo sobre os serviços e custos, filtrar com atenção gastos desnecessários e reduzir custos.

Com as métricas e resultados em mãos, o gestor pode avaliar também os planos futuros para definir como otimizar o trabalho e atingir as metas estipuladas lá no começo, no planejamento.

Como a Portão 3 pode ajudar?

A Portão 3 é a melhor solução para Contas a Pagar de médias e grandes empresas e pode te ajudar a implementar um sistema mais inteligente de organização e em gestão financeira. 

Converse agora mesmo com um dos nossos especialistas para você saber mais sobre os melhores produtos para uma experiência de gestão financeira mais prática, completa e flexível!

Leave a Reply

Your email address will not be published.