Quais habilidades um gestor de viagens de sucesso precisa ter?

Home / Carreira / Quais habilidades um gestor de viagens de sucesso precisa ter?
Quais habilidades um gestor de viagens de sucesso precisa ter?

Você sabe, não é fácil cuidar de: viajantes, pagamentos, reservas, dados, custos, políticas de viagens, entre outras preocupações. Sendo assim, como obter sucesso em todas elas? Será que você possui as habilidades necessárias para executar tal trabalho? Como desenvolvê – las?

Jami Hedrick, Diretor Executivo de Contas de uma empresa global de viagens e transporte afirma: “Combinamos gerentes de viagens que estão mais focados em gastos e redução de custos com gerentes de contas que são analíticos e gostam de mergulhar em números de economia, mas também podem chamar a atenção para o lado humano da gestão de viagens, incluindo a avaliação de quão satisfeitos e complacentes os funcionários estão com parâmetros da política de viagens ”

As características citadas por Jami são bem diversas, mas essenciais para para gerir tudo envolvido nas viagens corporativas. E você, como bom gestor, deve estar atento a ela.

Levando isso em consideração e com o intuito de responder às suas perguntas, listamos 6 habilidades que um gestor de viagens precisa ter para se destacar no mercado:

Especialista no mercado de viagens

Se você não possui experiência no mercado ou nunca viajou pela sua empresa, fique atento, pois pode ser um problema para sua gestão. A primeira coisa que você precisa dominar é o mercado e todos os seus atores, como funciona cada processo desde o antes ao depois da viagem.

Somente assim, você vai conseguir tomar as melhores decisões e atuar nos possíveis problemas dessa jornada. Então, busque blogs e livros de referência entenda as etapas e o mais importante, escute quem viaja.

Saiba automatizar processos

Não é novidade que grande parte das atividades de responsabilidade de um gestor de viagens são operacionais. Tal fato gera a sobrecarga e ineficiência de diversas delas, tendo em vista que o gestor que operacionaliza, não consegue se concentrar em monitorar o cumprimento das políticas de viagens e dados relevantes referente a custos.

Para solucionar isso, você não precisa saber automatizar tudo sozinho. Mais que uma habilidade o gestor precisa de parceiros que os ajude. Diante disso, sugiro que você escolha uma travel tech como a Portão 3 que possui uma plataforma, a qual centralizada todas essas atividades e ainda auxilia seu controle delas por meio do fornecimento de dados financeiros e de percurso dos viajantes.

Além disso, acompanha o seu colaborador do início ao fim da jornada. Imagina não precisar acordar de madrugada com um telefonema para resolver problemas de seu viajante? E ele ainda não se estressar, pois é respondido rapidamente pelos responsáveis por meio da plataforma. Incrível né?

Saiba educar seus colaboradores

Para garantir o cumprimento da política de viagem é necessário que ela seja muito clara para seu colaborador. Acredite, ele tanto quanto você não quer problemas com a empresa, até porque ele está se disponibilizando para viajar e negociar em nome dela.

Frente a isso, preocupe-se em ensiná-lo sobre a política e também sobre a plataforma escolhida de uso. Tenha ciência de que essa é simples e intuitiva, não vai querer investir em algo que seus colaboradores não consigam utilizar e sim que te ajude a ter maior controle da viagem, certo?

Seja analítico: investimento e retorno

Essa é uma das mais importantes. Se você consegue garantir boas viagens, mas os custos estão sendo superiores do que os lucros para empresa, você não está fazendo seu papel. O gestor de sucesso garante os bons números e a boa experiência para os envolvidos nas viagens, como o Rami mencionou.

Desenvolva sua comunicação

Você é a ponte entre os viajantes e a empresa e é imprescindível que haja uma boa comunicação, não só na gestão de informação para o cfo e/ou ceo. Como principalmente com o colaborador, já que ele atua diretamente no sucesso da viagem.

Quer ser um bom gestor de viagens? Minha dica é: Peça feedbacks para seus colaboradores, ninguém melhor que eles conhecem todos os possíveis impasses das viagens e o que você pode melhorar nelas. Converse e os entenda é o melhor caminho. Sim, vou repetir isso se for preciso para que você não esqueça dessa dica tão importante. Escute-os!

Seja adaptável

Viagens envolvem muitos atores, assim como negociações. Consequentemente a possibilidade de adversidades acontecerem é alta. Assim, é necessário que o gestor esteja pronto para se adaptar e tomar decisões de acordo como a situação demandada. Sugiro que monte planos A, B e C se antecipando a elas, melhor solução para o imprevisto é prevê-lo.

Após ler sobre tais habilidades e absorver algumas dicas, certamente você será um gestor de viagens que se destaca no mercado e claro, traz lucros para sua empresa.

Leave a Reply

Your email address will not be published.