Três dicas para Gerentes de Viagens ajudarem suas empresas a economizar

Home / Economia em Viagens / Três dicas para Gerentes de Viagens ajudarem suas empresas a economizar
Três dicas para Gerentes de Viagens ajudarem suas empresas a economizar

Quanto mais a empresa cresce, mais necessário fica viajar, seja para filiais, clientes ou fornecedores. O número de viagens aumenta e muitas vezes os custos também aumentam em proporções desmedidas. Seja por falta de controle, ou por não se ter informações suficientes para reduzir os gastos, enquanto seus colaboradores vão de lá para cá.

Seja você líder da empresa ou gerente de viagens, entenda o que é importante se deseja enxugar os custos desnecessários com viagens.

Empodere seus colaboradores.

Treinamentos e explicações sobre viagens, sobre custos onerosos e as consequências na empresa, são importantes. Faça-os entender o B-A-Bá de viagens, conhecimento é realmente poder. Se souberem tudo o que precisam saber, vão: Demorar menos tempo para fazer reserva; saber escolher as melhores passagens e hoteis que vão de acordo com as políticas da empresa; Não perder tempo com falta de informação e problemas no percurso; ser uma peça chave ao ajudar a area de viagens da sua empresa e não sobrecarregá-los.

Escolha as políticas corretas de viagens.

As políticas de viagens é peça fundamental para a economia da sua empresa. Pensar e repensar sobre, pode te economizar um bocado.

Não pense que as políticas de viagens são genéricas, ou apenas regras básicas que precisam ser aplicadas na sua empresa. Ela precisa ser personalizada de acordo com o perfil e as necessidades do seu negócio.

E ao contrário do que possa parecer, políticas rígidas e diretas, costumam ajudar aos seus colaboradores, e não estressá-los. Já que um colaborador que não sabe bem o que fazer, precisa pesquisar na internet, conversar com colegas, fica cheio de rodeios na hora de reservar a viagem. Isso apenas gerará estresse e perda de tempo a sua companhia.

Seja um agente de viagens preparado

Se a primeira dica é sobre empoderar os colaboradores. Essa é sobre ser um agente de viagens empoderado.
Um agente de viagens preparado: economiza tempo; ganha em produtividade; sabe selecionar os melhores fornecedores; sabe com quem falar e o que fazer.
Faça cursos, treinamentos, tenha mentores. Não fique parado! Seja você a mudança da sua empresa e colha os frutos por isso.

Saiba escolher o sistema e sua agência de viagens

Esse é um problema que muita empresa enfrenta. O viajante não pode sair da plataforma da agencia da sua empresa para procurar passagens em outro lugar. Isso é custo para a empresa. Mas o único jeito de evitar isso é uma agência e sistemas bons o suficientes para reter seus colaboradores.

Não há como economizar, se o sistema não mostrar realmente os menores valores de reservas do mercado. Se não alinhar as políticas e objetivos da sua empresa. Se não conseguir tirar todos os dados e análises necessários. E digo mais, o sistema precisa deixar o viajante feliz.

Viajante feliz é a adoção completa do sistema de viagens, é a produtividade e a rapidez ao fazer a reserva, é um suporte que não deixe a desejar. É uma experiência de viagem livre de estresse.

Por fim, tudo isso significa, que só há economia e corte de custos, se houver sinergia entre empresa, agências de viagens, sistema e fornecedores.

Leave a Reply

Your email address will not be published.